(11) 95204-9308 (Nextel)

contato@innovamente.com.br

R. Ezequiel Freire, 192 - Sl 909

(Ao lado do metrô Santana)

Depressão X Tristeza: qual a diferença?

fonte: google images

 

Você sabia que existe uma grande diferença entre se sentir triste e estar com depressão?

Tristeza é uma dos sentimentos bases que nós possuímos. Você muito provavelmente já se sentiu triste (ou muito triste) em vários momentos da sua vida. É possível que hoje você tenha se sentido triste algumas vezes. Podemos ficar triste por frustrações, problemas de relacionamento, dificuldades no trabalho, perdas, enfim, muitas coisas podem fazer com que nos sintamos tristes.

Quando ficamos TRISTES existe um motivo e normalmente ficamos pensativos sobre aquilo. Pode não ser um motivo que consideremos como algo “grande”, e podemos até mesmo desmerecer e dizer “Nem é pra tanto, mas eu to triste”.

Depressão,por outro lado, trata-se de uma doença séria e grave, que causa sofrimento intenso tanto para a pessoa quanto para os familiares. Uma pessoa com depressão normalmente se sente muito mal, sem energia, sem motivação para nada, inclusive para viver, podendo experimentar sensações profundas como vontade de morrer.

Dizer que uma pessoa está deprimida porque está triste é extremamente errado. Uma depressão requer diagnóstico, tratamento multidisciplinar e constante cuidado.

Veja alguns sintomas da Depressão:

  • Humor deprimido na maior parte do dia, na maioria dos dias. Em crianças e adolescentes pode aparecer o humor irritável;
  • Diminuição de prazer em realizar a maioria das atividades que no passado eram realizadas com prazer;
  • Perda ou ganho significativo de peso (não intencional).
  • Diminuição ou aumento do apetite e do sono;
  • Agitação ou retardo psicomotor;
  • Perda de energia ou fadiga;
  • Sentimento de culpa ou inutilidade;
  • Dificuldade de pensar e de se concentrar, ou indecisão;
  • Diminuição da libido;
  • Baixa autoestima;
  • Pensamentos de morte (não somente medo de morrer), ideação suicida (sem um plano específico), uma tentativa de suicídio ou um plano específico com o intuito de tirar a própria vida.
  • Padrão de pensamentos negativos sobre si mesmo, o mundo e o futuro.

É importante destacar que esses não são os únicos sintomas da depressão e podem variar de acordo com cada pessoa, e devem persistir pelo minimo 2 semanas. Além disso, a pessoa deve apresentar pelo menos 5 sintomas dentre os listados acima.

Diferenciar esses quadros é importante tanto para que possamos nos cuidar, quanto para poder ajudar pessoas ao nosso redor.

Se você se sente assim e deseja mudança, mas não sabe como procure ajuda. Se precisar entre em contato conosco, teremos prazer em te orientar e ajudar.

 

Psicóloga Tamala Resende Menezes

Especialista em Terapia Comportamental e Cognitiva (USP)

CRP 108030

 

 

Innovamente

Deixe uma resposta

Fale conosco